Como calcular o custo de produção

A redução de custos é uma busca constante em todas as organizações, sejam elas indústrias, empresas prestadoras de serviços ou comércios. Para que empresas possam buscar essa redução, é necessário ter ciência do custo de produção de seus produtos ou serviços. Só assim é possível implementar a otimização de seus processos internos.

Neste artigo vamos mostrar como calcular o custo de produção. Boa leitura!

Por que calcular o custo de produção?

Assim como o inventário de estoque, o cálculo de custo de produção também é uma obrigação legal. Isso porque esse indicador é usado no cálculo de tributações que a empresa paga.

Além disso, o controle do custo de produção dá informações inteligíveis para que gestores possam tomar decisões estratégicas para a empresa com mais agilidade.

O cálculo do custo de produção pode trazer para o negócio alguns insights como, por exemplo, deixar de produzir um produto cujo margem de lucro é muito pequena ou centrar esforços para reduzir o custo de produção e melhorar a margem de lucro de determinado produto.

Metodologias de custo de produção

Existem diferentes maneiras de calcular o custo de produção. Para fins contábeis, a Legislação Brasileira determina que seja usado o método de Custeio por Absorção, também conhecido como Custeio Integral. Esse método basicamente soma os custos Diretos e Indiretos. Confira.

  • Custos Diretos: são aqueles diretamente vinculados à matéria-prima e à mão de obra utilizada para produzir um bem.
  • Custos Indiretos: relativos aos recursos necessários para produzir o produto em questão que não estão diretamente aplicados no bem produzido. Os custos indiretos são rateados entre todos os itens produzidos em um mês. Compreendem aluguel, manutenção de máquina e outras despesas como água e energia elétrica.

Além desse método, existem outros como Custeio por Absorção. Neste os custos fixos são absorvidos em cada produto vendido, fazendo com que cada item produzido absorva uma pequena parte dos custos indiretos.

Já o Custeio Baseado em Atividades — também conhecido como Custeio ABC — procura desmembrar melhor os dispêndios. Ele parte da premissa de que estes são gerados por atividades desenvolvidas na empresa e que estas são absorvidas pelos seus produtos ou serviços produzidos. É um método de custo de produção mais interessante do ponto de vista gerencial, pois possibilita um maior detalhamento dos custos indiretos, seus geradores e utilizadores. 

Como facilitar a tarefa

Os controles realizados por softwares de inventário de estoque são grandes aliados na precisão do cálculo dos custos de produção. Com ele é possível determinar informações essenciais com muito mais agilidade e pouca chance de erros.  É possível identificar informações altamente relevantes para o seu negócio como:

  • custo unitário de matéria-prima;
  • rastreabilidade de quais ordens de produção consumiram quais insumos;
  • apontamentos de produção no qual é possível identificar a produção horária e o refugo gerado.

Assim, o uso de soluções de gerenciamento de estoques pode auxiliar na precisão de custo de produção, provendo informações confiáveis para o detalhamento desses indicadores.

E então, ficou claro para você como o custo de produção é calculado? Conheça as nossas soluções que tornará as atividades mais simples para a sua empresa, entre em contato conosco!

Facebook
Facebook
LinkedIn