Logística 4.0: conheça as principais tendências

Entenda o conceito da logística 4.0 e conheça tendências tecnológicas que já são uma realidade no setor!

Provavelmente, você já ouviu falar em indústria 4.0. Desde 2013, após a prestigiada Feira de Hannover, o termo passou a ser tratado por especialistas de diversos setores como uma “nova ordem mundial” para a competitividade dos negócios, tendo como fundamento principal o uso de novas tecnologias, métodos e sistemas. Baseada neste conceito, a logística 4.0 surgiu pouco tempo depois e com uma proposta similar: utilizar as tendências tecnológicas no Supply Chain como diferencial competitivo, para melhorar processos e, principalmente, se destacar no mercado!

E a sua empresa? Será que acompanha esse ritmo ou precisa correr para não perder espaços para a concorrência? Pensando nisso, preparamos este post com algumas das principais tendências da logística 4.0 e como os seus negócios podem tirar proveito dessas ideias. Vamos conferir?

Afinal, o que define a logística 4.0?

Em termos gerais, a logística 4.0 é entendida como uma reestruturação de processos e atividades da cadeia de suprimentos, tendo em vista a transformação digital do setor. Ou seja, com o avanço tecnológico e o surgimento de sistemas inteligentes, as empresas viram a necessidade de investir em tecnologias capazes de melhorar os seus processos de gestão e, consequentemente, ser mais eficientes e competitivas.

Diferentemente do que se imagina, essa busca por uma cadeia digital interconectada não se originou no desejo das empresas de inovarem, mas sim como uma reação às mudanças de consumo da sociedade. Sendo assim, a logística 4.0 é muito mais que um novo conceito, mas uma necessidade que as empresas têm em sobreviver no mercado daqui para frente.

E, antes que se pense que esse conceito é algo para o futuro, saiba que a logística 4.0 já é uma realidade e muitas tendências fazem parte das estratégias das principais corporações globais. Portanto, é hora de se atualizar!

Quais são as principais tendências?

IoT

A IoT, ou Internet das Coisas, já é uma realidade no setor logístico. Para você ter uma ideia, hoje, há mais máquinas e ferramentas online que pessoas conectadas aos seus celulares.

Em um armazém, por exemplo, os coletores RFID e leitores de códigos de barras são provas de como a gestão de estoque pode ser otimizada, apenas pela conectividade de dados e informações com o WMS

Big Data

Segundo o estudo A universe of opportunities and challenges, estima-se que, até 2020, o universo virtual atinja 40 trilhões de gigabytes. É tanta informação circulando nas redes que as empresas precisarão de ferramentas cada vez mais capacitadas para gerir esses dados e conseguir acompanhar tendências, comportamentos e oportunidades.

Com isso, a solução envolve Big Data. Na logística, basta imaginar um pedido em um e-commerce a partir de um simples clique. De fora, pode parecer um processo simples, mas ao analisarmos toda a cadeia, veremos que a quantidade de dados que precisa ser gerida é gigantesca.

Vamos lá! O site gera uma invoice, define a forma de pagamento e processa. O sistema informa ao estoque, que, por sua vez, precisa localizar o produto, separar e, finalmente, carregá-lo! Percebe quanta informação precisa ser gerada e conectada, antes de se chegar ao produto físico?

Em tempos de tecnologia, a empresa que não contar com sistemas de gestão, certamente, não conseguirá atender essa demanda com eficiência e, provavelmente, enfrentará dificuldades para aumentar a sua participação no mercado.

Novos métodos de entrega

Quando se fala em logística 4.0, o termo não se limita apenas aos sistemas e à gestão de dados. Ferramentas e métodos também podem ser inovados, graças ao avanço da tecnologia.

Por exemplo, a Amazon já testou entregas com drones ultramodernos, além de estudar um método inovador de preparação de pedidos, que consiste em realizar o picking e o carregamento antes mesmo de receber o pagamento do cliente. Tudo isso é possível a partir do cruzamento de dados e do histórico de compras das pessoas!

Enfim, essas são apenas algumas tendências que a logística 4.0 já proporciona às empresas e que, com certeza, ainda trarão muito mais avanços nos próximos anos. Independentemente do seu setor de atuação ou tamanho de sua empresa, investir em tecnologia é estratégia fundamental para a sobrevivência e, principalmente, um diferencial competitivo para os seus negócios!

Aproveite para descobrir como as nossas soluções podem ajudar a sua empresa a entrar na era da logística 4.0.

Facebook
Facebook
LinkedIn