Veja o papel da tecnologia no inventário do estoque

Realizar inventário do estoque com uma certa periodicidade é fundamental para que uma empresa possa organizar suas vendas de maneira adequada. E não apenas isso, essa prática é fundamental para planejar o que será produzido e programar a aquisição de matérias-primas de forma assertiva.

Trata-se de um procedimento simples. No entanto, quando realizado sem apoio de tecnologias adequadas, pode ser bastante moroso. Quando o inventário do estoque é feito de forma muito manual, ele acaba ocupando as horas produtivas de muitos funcionários e fica suscetível a erros humanos.

Nesse artigo, iremos expor como a tecnologia tem papel fundamental no inventário do estoque. Boa leitura!

Por que fazer inventário do estoque?

Ao realizar um inventário do estoque é possível identificar produtos que estão próximos ao vencimento da data de validade. Com isso, a empresa tem a oportunidade de tomar uma ação antes que estes produtos não possam mais ser comercializados, evitando desperdícios.

A execução do inventário também é o momento de detectar incoerências entre o estoque real e o estoque esperado. E ela muitas vezes é causada por falhas no processo de identificação de materiais ou por algum desperdício desconhecido.

Quando o estoque declarado pela empresa é diferente do estoque real, esta pode ser autuada pela fiscalização. Assim, realizar inventário do estoque também é uma forma de evitar prejuízos financeiros devido a multas e autuações.

Tecnologias apoiadoras

O mercado de soluções de tecnologia está em evolução contínua e traz cada vez mais meios de facilitar o controle e inventário do estoque.

O uso de etiquetas com códigos de barras é uma das práticas mais usadas com esse propósito. Ao codificar todos os seus insumos, consumíveis e produtos com códigos de barras, a empresa ganha uma vantagem competitiva. Isso porque seu uso faz com que o controle e inventário do estoque funcione de forma mais rápida, organizada e menos propensa ao erro humano.

Uma segunda etapa após a implantação da solução de código de barras no estoque é a implementação de um sistema de WMS —  Warehouse Management System. Com esta solução é possível controlar o saldo do estoque, gerenciar as atividades do setor e endereçar mercadorias no armazém. 

Ao trabalhar com um sistema de WMS, a empresa sente rapidamente seus benefícios que vão desde otimizar o espaço de estocagem, garantir a precisão do estoque, até aumentar a agilidade na separação de pedidos.

Obtendo vantagem competitiva

Os procedimentos realizados para gerenciar e realizar inventário do estoque podem parecer simples em um primeiro momento. Ainda assim, essa área pode se beneficiar enormemente do uso de novas tecnologias como as citadas na seção anterior. Estas não substituem o trabalho humano, mas reduzem o esforço repetitivo e pouco produtivo que algumas atividades podem ocupar.

Empresas que enxergam o retorno que o investimento em soluções tecnológicas pode trazer para um estoque mais preciso e operações mais fluídas colocam-se a frente de seus concorrentes. Estas ganham vantagem competitiva por prestarem serviços mais eficientes e menos predispostos a erros. 

E então, convencido sobre a necessidade de usar soluções tecnológicas para o inventário de estoque? Se você gostou desse artigo, sugerimos também a leitura do texto 6 dicas para fazer a logística de alimentos.

Facebook
Facebook
LinkedIn