Porque o conceito de Kanban criado no período pós-guerra, na década de 1950, é ainda tão utilizado hoje no dia a dia das empresas?

O Método Kanban idealizado pelo japonês Taiichi Ohno e implementado, primeiramente, na Toyota, teve o objetivo de evitar o desperdício de materiais em um período de recursos escassos, bem como melhorar o fluxo dos materiais nas fábricas. Através da implementação de cartões (kanbans) afixados nas unidades de movimentação dos materiais e quadros indicativos dispostos no gemba (ambiente fabril) podia-se facilmente visualizar quais os materiais necessitavam de abastecimento nas unidades de produção. Nos dias atuais esse conceito continua presente, não somente em fábricas, mas qualquer empresa que possua estoque ou fluxo de materiais ou serviços.

No sistema AUTOLOG WMS substituímos os cartões por etiquetas de identificação com código de barras ou QRcode que, afixadas aos materiais, podem ser lidas com equipamentos portáteis ou portais RFID que, por sua vez, conectados ao AUTOLOG WMS, alimentam em tempo real os quadros eletrônicos indicativos de forma a sinalizar, dar alertas ou criar tarefas automáticas aos abastecedores de estoque ou linha de produção.

O sistema AUTOLOG WMS também auxilia o processo de aquisição de materiais onde, ao ser identificada a baixa de estoque por venda ou abastecimento, combinado ao cadastro de prazos de entrega dos fornecedores (lead-time), pode gerar alertas, criar pedidos de compras automáticos, ou até mesmo, colocar pedidos nos portais de EDI dos fornecedores.

Outra função primordial do AUTOLOG WMS no processo de movimentação de matéria prima, embalagens e insumos para as linhas de produção é garantir que não haja ruptura de estoque nas máquinas e, para isso, o apontamento de produção via coletores portáteis ou integração com o sistema de execução de manufatura (MES) são fundamentais para que, identificado o consumo dos componentes, sejam criadas tarefas automáticas de abastecimento.

Porém para que se possa tirar o melhor proveito da metodologia Kanban, é importante que o sistema, como o AUTOLOG WMS, possa ser parametrizável para atender as características do processo produtivo de cada empresa e sazonalidades de vendas, estabelecendo novos valores de estoque de segurança ou prazos de entrega dos itens, de forma simples e eficiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir bate-papo
1
Olá 👋
Posso Ajudar?