Código de barras no estoque: a importância e as vantagens

A tecnologia é essencial para a logística, tornando-a mais fácil e produtiva, tanto na dimensão operacional quanto na gerencial. Neste post, em especial, destacaremos a importância de implantar o código de barras no estoque e como essa ferramenta impacta na capacidade de operação e gestão de uma empresa, possibilitando otimizar praticamente todos os processos do armazém. 

Se você quer melhorar sua gestão de estoque e, consequentemente, gerar mais resultados para os seus negócios, não deixe de conferir as dicas abaixo e revolucionar suas operações com essa tecnologia. Vamos lá?

Afinal, qual é o impacto do código de barras no estoque? 

De acordo com uma pesquisa do Sebrae, empresas que investem em tecnologia e inovação costumam dobrar seus faturamentos. No entanto, na logística, o código de barras no estoque vai além e é uma ferramenta fundamental para a gestão.

Por meio de coletores e softwares específicos, você consegue identificar qualquer modelo de código de barra no mercado, como GTIN (EAN), QRCode, DUN14 e RFID, podendo integrá-los ao seu banco de dados ou trabalhar em conjunto com o seu WMS

Além disso, o uso de código de barra no estoque possibilita a personalização das etiquetas a serem utilizadas nos produtos, flexibilizando os processos de identificação, picking e expedição. Também atende, de forma imediata, exigências dos clientes e da própria legislação. 

Quais são as principais vantagens do uso do código de barras no estoque? 

Informações mais seguras 

O uso do código de barras no estoque possibilita identificar, localizar e rastrear todos os produtos de seu armazém em questão de segundos com uma segurança inigualável. Afinal, se todos os dados e as informações das etiquetas estiverem perfeitos, a probabilidade de erros é reduzida a zero! 

Ou seja, chega de falhas e sistemas de comunicações complexos que possam gerar atrasos e erros. Toda informação é cadastrada na etiqueta, reconhecia pelo coletor de dados e enviada automaticamente ao seu sistema de gestão de estoque. Simples, rápido e confiável! 

Flexibilidade 

Já falamos sobre a possibilidade de personalizar as etiquetas de acordo com as suas necessidades, mas vale reforçar essa ideia, para entender melhor a infinidade de vantagens que ela oferece.

Imagine ter que gerir estoques de produtos diferentes. Por exemplo, alimentos perecíveis e cosméticos. O primeiro, você precisa controlar de acordo com a data de validade; o segundo, por número de lote.

Com um software especializado, o operador consegue cadastrar essas informações nas etiquetas e utilizar o coletor de dados para localizar e movimentar os produtos, conforme suas especificidades. Naturalmente, isso se estende para outras atividades, como o inventário.

Integração com o seu WMS 

A utilização do código de barras no estoque está ligada, diretamente, a todos os processos da cadeia logística, como recebimento, identificação, armazenamento, movimentação, picking e checkout

Uma das vantagens é que essa tecnologia pode ser integrada ao seu sistema de gestão de estoque e facilita a comunicação das informações e o controle geral dos produtos

Diferencial competitivo

Você sabia que 30% das entregas do país chegam com atrasos? Essa estatística não está ligada somente ao transporte, mas também às falhas e aos processos operacionais lentos. Portanto, o uso de código de barras no estoque pode ser também um grande diferencial competitivo, tendo em vista que essa tecnologia agiliza praticamente todas as etapas, da confirmação do pedido até o momento da expedição.  

Enfim, a utilização do código de barras no estoque, sem dúvidas, é ferramenta essencial para empresas que prezam pela qualidade de sua logística e entendem que investir em tecnologia pode render resultados capazes de destacá-las no mercado.  

Quer saber um pouco mais sobre o assunto? Então, descubra como escolher o melhor tipo de código de barras para o seu estoque!