4 dicas para fazer um inventário de estoque

Já imaginou realizar uma venda para um cliente importante e, na hora da distribuição, notar que a disponibilidade física do produto não confere com os números do sistema? Por esse e muitos outros motivos, realizar um inventário de estoque eficiente vai muito além de uma mera contagem e atualização de planilhas. Afinal, a prática envolve estratégias, redução de custos e riscos, além de possibilitar o aumento da produtividade e do lucro da empresa. 

Quer entender melhor a importância da acuracidade de um inventário de estoque e como esse processo pode ser facilitado com ferramentas tecnológicas? Então, continue a leitura e tome nota das dicas que reunimos. Podemos começar?  

1. Estipule uma programação 

O primeiro passo básico para a realização de um inventário de estoque é a definição de um calendário na empresa. Não há uma regra geral para o procedimento, porém é recomendado fazê-lo em momentos de menor fluxo de operações: após o expediente, inícios de mês ou, até mesmo, em finais de semana, se possível. 

Independentemente da decisão do gestor, o imprescindível é que essas datas sejam cumpridas e sigam uma frequência, para que os resultados apareçam e, consequentemente, se consiga reduzir falhas, riscos, custos e permita otimizar a gestão de estoque. 

2. Invista em coletores de dados 

Os códigos de barras e os coletores de dados são uma combinação perfeita na gestão de estoque das empresas nos últimos anos, sendo considerados, inclusive, duas das tendências mais promissoras para o setor, dentro do conceito de logística 4.0

Essas ferramentas permitiram reduzir o tempo de trabalho em, praticamente, todas as etapas de uma armazenagem, o que inclui o inventário de estoque, onde os coletores de dados conseguem transmitir qualquer informação impressa na etiqueta do produto para o sistema de gestão em segundos.  

Isso garante uma acuracidade impecável do processo, sem erros de contagens, falhas de comunicação ou necessidade de recontagens excedentes. Para finalizar, vale ressaltar que, hoje, investir em coletores de dados não significa, necessariamente, ter que comprar equipamentos próprios. Afinal, é possível “terceirizar” essa estratégia e alugar os aparelhos, por meio da implementação de um sistema de gestão de estoque. 

3. Utilize um software de inventário de estoque 

Em tempos atuais, a tecnologia se faz necessária no setor logístico e, como dissemos no início, não apenas para otimizar processos, mas também como uma estratégia de diferenciação da empresa.  

Ao implementar os códigos de barras e os coletores de dados em seu negócio, é fundamental que os dados e as informações geradas sejam armazenados, visualizados e geridos em um software específico e ajustável às necessidades, especificidades, critérios e métodos de sua empresa. 

Por exemplo, um bom sistema de inventário de estoque deve oferecer funcionalidades como: 

  • Inventário Geral; 

  • Inventário Dinâmico (endereços X itens); 

  • Inventário Cíclico (curva ABC X data do último inventário); 

  • Configuração de contagens; 

  • Acompanhamento online das contagens. 

4. Trabalhe de forma integrada em seu WMS 

O WMS é o software fundamental para uma gestão de estoque eficiente e permite gerir todos os processos e etapas de uma armazenagem, desde a identificação e entrada de um item, passando pela conferência, endereçamento, estocagem e picking, até o check-out e o carregamento dele.  

Portanto, não faz sentido “deixar de fora” o inventário de estoque nesse controle único. Ou seja, é fundamental que seu sistema de contagem esteja integrado ao WMS e permita interagir com os demais módulos, atualizando e transmitindo dados, em tempo real e de forma centralizada. 

Enfim, esses foram 4 passos indispensáveis para melhorar a acuracidade de seu inventário de estoque e garantir maior eficiência na gestão de sua empresa, possibilitando otimizar os processos, reduzir custo e tempo, garantir dados e análises mais confiáveis e, por fim, gerar mais produtividade ao negócio. 

Se você busca por todos esses objetivos e quer uma solução moderna e eficaz para sua empresa, então converse com um de nossos especialistas e conheça o módulo de inventário de estoque do AUTOLOG WMS.