Entre a escassez de alguns produtos no mundo e a dependência de insumos estrangeiros com dólar alto, a gestão de matéria-prima nunca foi fator tão importante na indústria nacional como está sendo atualmente.

E é em meio a esses desafios que, hoje, preparamos este post exclusivo com dicas úteis sobre como melhorar a gestão de matéria-prima, sua importância prática e como novas tecnologias têm contribuído nesse processo.

Sendo assim, sem grandes delongas, vamos direto aos pontos essenciais. Boa leitura!

3 formas de melhorar a gestão de matéria-prima na indústria

A seguir, destacamos algumas sugestões e boas práticas que contribuem para a otimização da gestão de matéria-prima e quais soluções podem ser implementadas para este fim na sua indústria.

Confira!

1. Padronização de processos

A padronização de processos é um fator crucial para a gestão de matéria-prima em qualquer indústria. Ela permite otimizar as linhas de produção, evitando muitas vezes o desperdício e perda de insumos e aumentando a qualidade e produtividade das operações.

Dessa forma, recomenda-se sempre realizar um mapeamento e análise completa de toda a sua cadeia produtiva, buscando meios de padronizar alguns processos e etapas que agreguem mais eficiência à sua produção e otimizem a gestão de matérias-primas.

2. Melhore sua gestão de fornecedores

A gestão de matéria-prima está ligada diretamente à gestão de fornecedores. E, hoje, em especial, é preciso sempre manter uma boa relação com seus parceiros comerciais e acompanhar possíveis novas oportunidades de negócio no mercado.

Afinal, fatores como alta do dólar (para importações), escassez de materiais, alta demanda de produtos, entre outros, são influenciadores diretos para o desempenho de sua gestão de matéria-prima e podem demandar mudanças de estratégias necessárias na sua indústria, como a busca por novos fornecedores ou de novos insumos para suas produções.

3. Otimize os seus estoques

Uma outra dica indispensável para melhorar a sua gestão de matéria-prima se refere à otimização de seus estoques.

Afinal, independentemente do setor ou área de atuação de sua indústria, a logística de armazenagem e distribuição sempre será fator de extrema importância para o seu negócio.

Por exemplo, reduzir perdas e desperdícios de insumos no estoque, agilizar a separação de itens para a linha de produção e evitar retrabalhos nos processos internos são apenas alguns exemplos práticos de como uma boa gestão de estoque pode contribuir para o controle de suas matérias-primas.

E, indiscutivelmente, a nível de solução tecnológica, o sistema WMS (Warehouse Management System) se destaca como a principal ferramenta para a otimização de armazéns e indústrias diversas, possibilitando controlar cada etapa do supply chain, do recebimento a utilização desses itens na cadeia de suprimentos.

Processos como identificação, endereçamento, monitoramento e separação de pedidos são alguns exemplos dos inúmeros controles agregados pelo sistema WMS à sua gestão.

Enfim, essas são algumas das principais dicas e boas práticas sobre como melhorar a gestão de matéria-prima na indústria e que tipos de soluções podem ser implementadas na prática, agregando assim mais controles, redução de custos e eficiência operacional, tanto em sua cadeia produtiva, como logística.

Gostou das dicas? Quer ficar por dentro de outros novidades e informações úteis para a sua gestão? Então, não deixe de se inscrever em nossa newsletter e receba tudo em primeira mão. Até a próxima!