• setembro 21, 2021
  • rodrigo
  • 0

Em tempos de tecnologia, diversas soluções para indústria de cosméticos surgem como alternativa para a otimização de processos internos e, em muitos casos, proporcionam uma transformação completa em toda a cadeia de suprimento dessas empresas.

E um exemplo prático disso é o sistema WMS, um software de gestão de estoque amplamente utilizado na indústria e por empresas de logística, que permite melhorar e otimizar todas as etapas de um supply chain, de ponta a ponta.

Por ser personalizável e totalmente versátil, tal sistema permite atender a todas as necessidades e especificidades de uma indústria de cosmético com tamanha eficiência e desempenho. Portanto, se quer conhecer mais e entender os diferenciais do WMS para este setor, não deixe de conferir as dicas até o final. Boa leitura!

Quais os desafios operacionais da indústria de cosméticos?

Quem atua na indústria de cosméticos reconhece que as operações do setor demandam controles muito mais apurados e detalhados em comparação a diversos outros segmentos e por uma série de aspectos e características de seus produtos.

E estes desafios se iniciam ainda dentro das fábricas e armazéns das empresas, visto que diversos itens e insumos necessitam de cuidados especiais, tanto na armazenagem, como no manuseio e distribuição.

Estamos falando, por exemplo, de dificuldades no controle de estoques, armazenagem específicas, riscos de perdas (contaminação, vencimento de prazos, temperaturas etc.), custos logísticos elevados, cuidados na movimentação e separação dos pedidos, entre outros.

E dessa forma, o sistema WMS surge como solução eficiente, capaz de otimizar e melhorar cada um desses processos acima, com base em ferramentas tecnológicas e uma gestão de dados ampla e inteligente.

E como o sistema WMS atua na indústria de cosméticos?

Como bem destacado, o sistema WMS é um software amplo e extremamente versátil para a gestão de estoque dos mais variados setores econômicos.

Logo, no caso da indústria de cosméticos, a ferramenta permite personalizar determinados controles e processos específicos, atendendo assim às necessidades e características desse ramo, tais como:

  • Personalização de dados e informações a serem controlados nos itens e insumos (nome do fornecedor, tipo de material, SKU, data de validade, número de lote etc);
  • Controle total no recebimento de materiais;
  • Endereçamento de itens rápido e sem erros;
  • Rastreamento completo dos produtos dentro do armazém ou fábrica;
  • Processos de picking (separação de pedidos) e packing (montagem de kits e embalagem) otimizados e práticos;
  • Agilidade e assertividade em inventários;
  • Expedição sem erros ou atrasos.

E para entender melhor como o sistema WMS atua na prática em uma indústria, tal ferramenta opera em conjunto com coletores de dados. Ou seja, seus itens, insumos ou produtos poderão ser identificados com códigos de barras ou RFID, contendo assim inúmeras informações relevantes previamente cadastradas pela sua empresa, e passar a ter controle total de cada um desses materiais por meio de uma ferramenta ampla, prática e inteligente.

Em outras palavras, se você quer controlar o estoque de um determinado produto com base em certa característica (data de validade ou tipo de produto, por exemplo), se você quer monitorar cada “passo” de um item dentro do armazém, se quer dar prioridade ao carregamento de um produto especial, entre outras infinitas tarefas, o sistema WMS vai permitir isso com eficiência, agilidade, sem erros ou gargalos ao longo dos processos.

Em resumo, essas são algumas dicas e informações úteis sobre como um sistema WMS agrega inúmeros benefícios práticos às operações internas da indústria de cosméticos, possibilitando não somente otimizar diversas operações, como também melhorar controles, reduzir custos e aumentar a qualidade de seus produtos e serviços.

E se você quer conhecer, na prática, uma solução robusta e extremamente versátil para a sua indústria de cosméticos, não deixe de conversar com um de nossos especialistas e agende uma apresentação do Autolog WMS.